Tipos de vegetarianos

Tipos de vegetarianos

Os hábitos alimentares da população portuguesa têm vindo a mudar ao longo do tempo. Cada vez mais é comum num grupo de amigos haver pessoas com diferentes tipos de alimentação, havendo uma nova tendência pela escolha de alimentos de base vegetal - alimentação vegetariana. 

Um vegetariano é alguém que se alimenta de cereais, sementes, frutos, legumes e leguminosas excluindo carne (seja ela branca ou vermelha), peixe e mariscos. Pode também incluir ou não alimentos de origem animal, como os ovos, leite ou mel.

Consoante esta inclusão ou exclusão podemos classificar quatro diferentes tipos de vegetarianismo: 

• Ovo-lacto-vegetariano: inclui lacticínios e ovos;

• Lacto-vegetariano: inclui lacticínios, mas não ovos;

• Ovo-vegetariano: inclui ovos, mas não lacticínios;

• Vegetariano estrito ou vegano: não consome ovos, lacticínios ou qualquer alimento derivado de origem animal.

Embora as opções alimentares do vegetariano estrito e do vegan (termo internacional para vegano) sejam semelhantes, existem diferenças que vão para além da alimentação. Ser vegano é um estilo de vida, onde no seu dia-a-dia estão excluídos todos os produtos de origem animal:

  • Vestuário (peles, couro, lã, seda, camurça);
  • Adornos (pérolas, plumas, penas, marfim, etc.);
  • Produtos testados em animais (produtos de higiene e maquilhagem);
  • Participação atividades de entretenimento que utilize animais (touradas, circos e jardins zoológicos). 

Segundo as linhas de orientação para uma alimentação vegetariana saudável da Direção Geral de Saúde,algumas correntes mais abrangentes como o “semivegetarianismo” ou o “flexitarianismo” classificam-se como regimes parcialmente vegetarianos, mas tal não pode ser considerado um tipo de vegetarianismo visto incluir produtos de origem animal como carne, peixe ou mariscos. 

    Artigo

    Desde pequenos aprendemos que na composição de um prato deve estar sempre presente carne ou peixe. Será que tem de ser assim?

    Artigo

    Intolerâncias ou alergias alimentares parecerem ser problemas idênticos, no entanto são bastante diferentes.