opções de refeição para vários tipos de vegetarianos

Tipos de vegetarianos

Os hábitos alimentares da população portuguesa têm vindo a mudar ao longo do tempo. Cada vez mais é comum num grupo de amigos haver pessoas com diferentes tipos de alimentação, havendo uma nova tendência pela escolha de alimentos de base vegetal - alimentação vegetariana. 

Um vegetariano é alguém que se alimenta de cereais, sementes, frutos, legumes e leguminosas excluindo carne (seja ela branca ou vermelha), peixe e mariscos. Pode também incluir ou não alimentos de origem animal, como os ovos, leite ou mel.

Consoante esta inclusão ou exclusão podemos classificar quatro diferentes tipos de vegetarianismo: 

• Ovo-lacto-vegetariano: inclui lacticínios e ovos;

• Lacto-vegetariano: inclui lacticínios, mas não ovos;

• Ovo-vegetariano: inclui ovos, mas não lacticínios;

• Vegetariano estrito ou vegano: não consome ovos, lacticínios ou qualquer alimento derivado de origem animal.

Embora as opções alimentares do vegetariano estrito e do vegan (termo internacional para vegano) sejam semelhantes, existem diferenças que vão para além da alimentação. Ser vegano é um estilo de vida, onde no seu dia-a-dia estão excluídos todos os produtos de origem animal:

  • Vestuário (peles, couro, lã, seda, camurça);
  • Adornos (pérolas, plumas, penas, marfim, etc.);
  • Produtos testados em animais (produtos de higiene e maquilhagem);
  • Participação atividades de entretenimento que utilize animais (touradas, circos e jardins zoológicos). 

Segundo as linhas de orientação para uma alimentação vegetariana saudável da Direção Geral de Saúde,algumas correntes mais abrangentes como o “semivegetarianismo” ou o “flexitarianismo” classificam-se como regimes parcialmente vegetarianos, mas tal não pode ser considerado um tipo de vegetarianismo visto incluir produtos de origem animal como carne, peixe ou mariscos. 

    Artigo

    Para tirarmos todo o partido dos nutrientes que os alimentos nos podem fornecer é essencial termos alguns cuidados.

    Artigo

    Depois de umas semanas de intensa festividade, convívio e excessos alimentares, está na altura de voltar à rotina e retomar os cuidados com a alimentação.